child-mouth

Deglutição atípica ou alteração na deglutição pode ser definida como pressionamento da língua contra os dentes anteriores ou entre as arcadas dentárias, durante o ato de engolir.

Diversos são os fatores, que acarretam este quadro:
  • Hábitos inadequados de sucção;
  • Respiração oral (pela boca);
  • Aleitamento por mamadeira com bico muito longo e furo grande;
  • Aumento de Adenóide e Amígdalas;
  • Características de cavidade bucal e da face.





A deglutição atípica compreende não só, o ato de mastigar e engolir, como também:
  • Flacidez da musculatura de lábios, língua e bochechas;
  • Lábios abertos, língua “solta”, na arcada inferior ou entre os dentes;
  • Respiração comprometida;
  • Alterações na fala, visivelmente comprometedoras.

As crianças/adultos que apresentam esse quadro, têm as seguintes características da deglutição:
  • Contração da musculatura ao redor da boca;
  • Projeção de cabeça;
  • Projeção da língua contra ou entre os dentes;
  • Presença de ruídos.

As alterações nos dentes e ossos da face, provenientes da pressão da língua, contra os dentes e ossos no momento da deglutição, são as principais conseqüências.

Pois os dentes, assim como os ossos, são estruturas que reagem a qualquer força exercida sobre eles.

A tração ou pressão dos músculos, sobre um determinado osso pode alterar seu desenvolvimento.

Assim, a modificação da pressão dos músculos sobre os ossos e dentes, no ato da deglutição, pode ocasionar uma redução do desenvolvimento ósseo ou a um inadequado encaixe dos dentes.

Nestas situações, a consulta a um especialista (Ortodontista e/ou Ortopedista Funcional dos Maxilares) é primordial para a adequação das alterações ósseas e dentárias.

“Posteriormente ou conjuntamente”, o Fonoaudiólogo poderá reeducar a criança/adulto a um adequado padrão de deglutição.



Compartilhe:

Deixe uma resposta